Páginas

quarta-feira, outubro 19, 2011

Voltando aos poucos...

Gente,

Muita coisa aconteceu desde a minha última postagem...



Três dias depois, minha amada tia (minha mãe em Porto Alegre) repentinamente teve um AVC hemorrágico gravíssimo e faleceu uma semana depois, apesar de todas as nossas esperanças e orações. Como ficamos desesperados, pois foi tudo muito de repente, passei alguns dias em volta da minha família, completamente desligada do resto do mundo.

Mas precisava terminar a minha tese, já que era inadiável e que o curso e a CAPES não costumam se sensibilizar com as questões pessoais dos alunos. Joguei minha imensa dor pro alto e, após conversar com um psiquiatra e começar a tomar remédios, voltei a escrever e estudar, em meio às visitas diárias e o carinho à minha prima-afilhada que ficou só com o pai aos 14 anos.

Enfim... a duras penas defendi meu doutorado na data prevista: desde o dia 30/09/2011 às 17h30, sou doutora.

Dois dias depois da minha defesa, quando ainda comemorava, no domingo, o alívio de poder me dedicar um pouco aos meus familiares e viver a minha dor como deve ser vivida, recebi a notícia de que o irmão que eu escolhi ter na vida, meu amigo amado, meu par com quem vivi alguns dos melhores momentos da minha vida havia  falecido de repente no interior de SC, onde ele morava há menos de 1 ano. Falei com ele dia 29/9, quando ele ligou pra desejar boa sorte na defesa e se desculpar porque não poderia estar presente... Dia 02/10 ele estava morto.

Preciso falar mais alguma coisa? 

Tudo virou de pernas pro ar... e agora, quem me conhece bem sabe o quanto tudo isso me afetou. Dá pra ver no meu olho, na ausência dos sorrisos, na falta de alegria.

A vida segue. E enfrento atualmente um momento de transição. Sou doutora. Não tenho emprego ainda. A partir do mês que vem não terei mais remuneração, a menos que uma das bolsas de pós-doutorado a que eu me candidatei seja aprovada. 

Subi hoje na balança e percebi que ganhei 4,8Kg em relação à última pesagem oficial. Comecei de leve a tomar juízo na alimentação e nas atividades físicas. Com a ajuda do programa dos Vigilantes do Peso (que eu já decorei), do aplicativo "Emagrecendo" do Facebook, do Diário de Calorias e de vocês eu espero voltar aos meus 56Kg.

Sem grana, vou indo devagar. Caminhadas (que podem virar corridas, quem sabe?) no fim da tarde ou de manhã cedo serão minhas atividades físicas diárias e já comecei hoje. A alimentação vai ser o mais balanceado que meu bolso permitir, dentro dos pontos/calorias da minha cota diária.

Volto à minha rotina amiga em plena TPM. E espero me animar mais a cada dia a partir de hoje.

Obrigada por me esperarem, amadas.

Beijos meus. 

6 comentários:

Anne disse...

Oiii querida! Acompanhei esses seus momentos via email do grupo ou facebook, estive "ctgo" em orações. Nada acontece na nossa vida por acaso, acredito que vc ter conquistado essa "denominação" doutora agora é para aliviar um pouco a dor de ter perdido as pessoas tão amadas! Sei que nada subistitui, mas certamente eles foram tijolinhos para construção deste teu sonho! Parabéns por ser tão guerreira e seja bem vinda de volta! Super beijos!

Daiane disse...

Olá,

Seja forte menina! As dores sempre nos tornam mais fortes, o momento é intenso, viva isso com toda sua força, e depois você verá o quão mais forte se tornou! Perder um ente querido é sempre uma barra, mas não esqueça que ainda existem pessoas que dependem de você! Não desanime!

Beijinhos lightchês!

amiga light disse...

Oi amiga!

Estou de volta... espero que ainda lembre de mim!
Pôxa, que notícia ruim! Mas nada acontece por acaso... Aqui ficamos e bola pra frente, a vida continua. Meus sentimentos!
Cansei! Não estou conseguindo ser FELIZ! Então resolvi voltar pro bloguinho e aqui vou buscar minha felicidade!
Espero poder contar com vc novamente!
bjs

Natália Roberta disse...

Oi amiga...

É difícil saber o que falar em uma situação como essa!!! Só desejo que seu coração se acalme e que você encontre forças pra superar esse momento!!!

Estou aqui... rezando por você!!!!
Bjocas e uma boa quinta feira pra ti!!!

Anônimo disse...

Oi Mary,
Que saudade de ti, vinha acompanhado vc via face e emails e entendo seu afastamento.
Aliás tua foto no face tá linda, parece uma adolescente, e bem feliz, espero que logo logo é assim que vc se sinta!
Pros seus males como pra maioria de todos os males, só o tempo colocará tudo nos eixos e é claro sua dedicação e trabalho. Por isso vá em frente no seu ritmo, mas não pare, queremos vê-la bem animada em breve, e muito feliz.
Bjokas
Ju Gaúcha

LUÁLIS ROSA disse...

Oi, amada... A vida nem sempre se apresenta da melhor forma e percausos fazem parte do trajeto. Mas a vida sempre segue, não importa nossa dor ou sofrimento e a gente que escolhe se quer continuar sofrendo e se quer seguir em frente. É uma escolha só nossa. Estou sempre na torcida por você. Beijokas

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...